Coisas que aprendi na Turquia até agora

1 – Toda cidade tem um Atatürk boulevard. Absolutamente toda. E toda nota tem a cara do Atatürk. Em todo ponto turístico tem um busto do Atatürk. O aeroporto principal de Istambul se chama Atatürk.

2 – Turcos não usam seta. Nunca. Me sinto a pessoa mais idiota do mundo dando seta nesse país.

3 – Existe um S cedilha (que não possuo nesse teclado) que tem um som entre S e X melhor conhecido como S de carioca. Está descoberta a função da minha semi-carioquice: conseguir pronunciar letras turcas. O C tem um som parecido com “tch” que eu não consigo imitar direito.

4 – Obrigado é uma palavra impronunciável! E olha que eu falo alemão

5 – Chá turco é feito de uma planta muito específica que só cresce no noroeste da Turquia, mas o gosto é igualzinho de chá preto.

6 – Velhinhos ingleses aposentados dominam Dalyan, uma cidade do litoral perto do Egeu. Dominam a ponto de ser possível achar Earl Gray quente no verão.

7- A Gol deles chama Pégasus Airline. E existe uma Azerbaijan Airlines

8 – Chaminé de Fada é um nome muito fofinho para algo que simplesmente devia se chamar grandes pintos de pedra.

9 – Cidades de praia se parecem no mundo todo, exceto que nessa tem 400 mil karaokês. Não vi nenhum turco em um karaokê, nem me arrisquei em um, atualmente só ando exibindo meus dotes de vocalista em festas privadas.

Pensei em fazer um “coisas que aprendi na viagem”, mas acho que a coisa mais relevante que aprendi em Amsterdam diz respeito ao funcionamento de pirulitos de maconha.

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s