Sobre Córdoba, mas sobre viajar também

O que eu mais ouvi quando disse que ia a Córdoba foi “fazer o que?”, “nada”, eu respondi todas as vezes.

A verdade é que em toda cidade há algo para ver, comidas para comer, algo que não existe em nenhum outro lugar. Em Córdoba existe uma catedral feita de pedra-sabão colorida; Esse ano, com dez dias na Itália, foi o ano das igrejas e, ainda assim, eu nunca tinha visto nada que se comparasse a essa. Também existe uma antiga prisão feminina que virou centro cultural e onde eu passei meus fins de tarde tomando chá, comendo medialunas, lendo Bolaño e escrevendo.

IMG_7249

Mas eu fui à Córdoba mesmo para mudar de ares. Eu disse que viajo para fugir e dessa vez me pergunto se fugir não é uma forma de se encontrar. Eu fui sozinha. Eu fui para qualquer lugar que meu dinheiro comprava. Eu só fui.

Eu fui para eliminar as circunstâncias, para pausar o ruído branco da existência cotidiana e ouvir, fora do burburinho diário com o qual me ocupo, o que, afinal, eu estava tentando me dizer.

Deu certo.

Eu voltei outra, eu sempre volto outra.

IMG_7279

Eu voltei outra e percebi o que eu gosto tanto em viajar. Ironicamente, percebi ao entrar em uma igreja. Eu entrei em uma igreja no centro da cidade, Iglesia de Santa Catalina de Siena, uma igreja barroca italiana e, não surpreendentemente, ela me lembrou Roma. Mas não o simples “ela me lembra as igrejas de Roma”, ela me lembrou a sensação de ver Roma pela primeira vez.

Como eu saí do hotel, quase saltitante, para ver a Fontana di Trevi, que eu fiz questão de ver todos os dias depois disso. E quando eu entrei no Pantheon e percebi finalmente que estava em Roma. A Roma do Fellini, que assim eram suas ruas, que ela existia e eu estava ali.

No meio da igreja de Córdoba eu chorei, meio boba, meio feliz, meio emocionada. Não por causa dela, mas por meu cérebro ser essa coisa capaz de voltar a sentir a mesma coisa em situações tão desconexas e pelo mundo ser assim, essa coisa maravilhosa que ele é. Essa coisa que não para de me dar vontade de pegar a mala e entrar no primeiro avião.

IMG_7267

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s