Como não fazer sentido nenhum, experimento prático número I

Morreu esse blog.

Na verdade, o que morreu mesmo foi a minha criatividade. A minha capacidade de escrever, as in, o ato mecânico de colocar uma frase depois da outra de forma que elas tenham um som e fluidez que relativamente me agrada, está doente terminal, mas ainda funciona em dias bons, com os remédios certos.

Mas a criatividade morreu.

Eu abro páginas em branco do word. Posts novos no wordpress. E nada. Eu não tenho nada a ser dito.

Não se enganem, meu cérebro continua funcionando daquele jeito ridículo a 200 km/h girando em volta dele mesmo igualzinho a estúpida da minha gata perseguindo o próprio rabo. Auto-sabotagem e masoquismo continuam bem e vivos por aqui, preenchendo páginas e páginas de diário com um pânico absurdo de que tudo vai explodir na minha cara pelo simples fato de que eu sou incapaz de não fazer tudo explodir na minha cara.

Mas eu cansei de falar disso.

Eu cansei de falar da minha inadequação pra mil coisas e cansei de falar sobre escrever e a dificuldade de escrever (oh! a ironia!). De novo: não é que eu não queira falar sobre tudo isso. Eu sempre tive claro pra mim mesmo que o tipo de arte que me interessa é aquela confessional até os ossos. É A Redoma de Vidro, A Fazenda Africana.

Mas eu não tenho o dom da Karen Blixen de envolver de magia aquele relato tão direto, tão dela, tão quase um diário. Se meu tema sou só eu, esse tema não me interessa. Ou pelo menos eu não consigo pensar em uma forma que ele me interesse.

No fundo eu não quero que esse blog morra, então eu to me propondo a vir falar de filmes, de livros, de coisas objetivas sobre as quais eu imagino que consiga tirar algo de interessante pra dizer. Mas esse blog como lugar dos textos sobre tudo e qualquer coisa, desses pequenos vômitos líricos que algumas pessoas gostavam e eu até consigo entender porque morreu.

Depois de tanto falar sobre não ter nada pra dizer parece que afinal eu percebi que não tenho mesmo

nada pra dizer.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s