Do lado de cá

 

As vezes eu acho que minha vida é um eterno loop de tentar quebrar paredes para chegar perto das pessoas. Eu ouço, do outro lado, alguém que precisa que você se de ao trabalho, que você se importe suficiente pra arriscar cair, levar tijolo na cabeça, ter bolhas nas mãos, mas que por favor você chegue perto.

Eu nunca me importei de me machucar, não por algum tipo de coragem ou desprendimento admiráveis, mas porque eu sempre me machuquei de propósito mesmo. Se outra pessoa faz pelo menos não tem a culpa.

Eu já comparei isso a pessoas que afinal te deixavam entrar em globos de neves e a lobos que afinal te deixam passar a mão na cabeça deles. Eu já disse uma vez que do globo de neve onde entrei eu precisei sair correndo, eu precisei deixar ir, e hoje eu quero prometer que vou ficar não importa o que eu veja, porque nesse meio tempo eu vi coisas parecidas do meu lado do muro. Mas é uma promessa que não tenho coragem de fazer. Porque eu minto e fujo, mas não quebro promessas.

Quando você afinal chega perto, depois de mordidas, quedas, patadas quase sempre vale a pena, por mais escuro, falho e quebrado seja o que está lá eu nunca fui melhor que nada disso. Eu sempre estive a vontade justamente entre o escuro, o falho e o quebrado. Entre pessoas que precisam desse muro.

Mas existe um limite do que você pode aguentar. Existe um limite de masoquismo até pra mim. E eu descobri que das coisas que mais doem na vida é deixar ir alguém que você sabe que quer que você chegue perto, mas o esforço dele para se proteger foi maior do que suas forças pra tentar. Dói o dia em que você simplesmente dá de ombros e pensa “deixa, não é meu problema”.

Dói porque é quando  eu sou obrigada a voltar pro lado de dentro do meu muro. E ele é muito mais alto do que todos esses.

Before the world you know was like it is
I held a lover once and I was his
And we walked along the river in the sun
But he’s a lonely man, so this was done

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s