Oi, bom dia, mudei.

Oi, mudei.

Quer dizer, mudei o layout. Cansei de preto no branco, me atrapalha pra ler e cansei. As vezes eu canso das coisas assim, só porque sim.

Mas quero mudar mais coisas (não na vida, bom, na vida também, mas no blog). Já faz um tempo que eu ensaio um post de como esse blog começou e o que ele acabou virando e o que no fundo eu quero com ele.

Bom, esse blog começou quando eu ainda fazia figurino e direção de arte. Quando eu achava que escolher roupas que contassem quem meu personagem era o que eu realmente queria fazer. Por isso ele começou um pouco como um blog de moda, começou como minha forma de compartilhar e digerir tudo que eu via e lia e tinha que aprender a usar.

Mas eu não trabalho mais com figurinos e por mais que eu ainda goste bastante de moda eu passo menos tempo lendo sobre isso, seja em revistas, seja em blogs. E naturalmente esse blog virou aquele blog diarinho, que eu falava um pouco de mim e ao mesmo tempo onde eu falava de filmes e livros. Acontece que recentemente eu arranjei lugares pra fazer isso de um jeito mais sério. Eu escrevo críticas com uma certa frequência, eu gravo podcasts, eu escrevo artigos acadêmicos e aí eu não preciso do blog pra isso.

Nos últimos tempos eu voltei a escrever. Eu decidi tornar isso um hábito e uma obrigação. Se eu quero ser escritora, eu preciso escrever. E aqui vieram parar os textos mais overshare (dado que eu tenho uma escrita toda meio confessional, isso quer dizer os textos MUITO overshare), mais fluídos, que não são bem nada. São posts de blog. E muitos textos refletindo sobre o que, afinal, é escrever.

Eu pretendo continuar com isso. Eu pretendo continuar escrevendo aqui coisas que não cabem em outro lugar. Eu não quero esse blog como um veículo para coisas que eu gostaria de ver em outros meios, eu quero esse blog como portador dos próprios textos.

Mas eu quero um pouco mais que isso. Tem tantas coisas nessa internet e nessa vida. Tantos fragmentos, tantas coisas bonitas que eu vejo, tantas coisas que eu cozinho, tanta música que eu ouço. E até agora eu me convenci que pra isso eu tenho um twitter, um tumblr, um last.fm, mas não é a mesma coisa. E então essas coisas vão vir parar aqui.

Por isso o layout mudou. Ele ficou mais leve, porque eu quero esse blog um pouco mais leve. Ele ainda é meu e os textos ainda são meus, e eles ainda vão ser mais melancólicos do que felizes, mas eu gosto de achar que tudo que eu escrevo, por mais dolorido que seja, é também sempre um pouco doce. E eu quero trazer pra cá um pouco disso tudo que é doce.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s