Write about love

Eu me pergunto o que separa sua banda favorita de todas as outras bandas que você gosta. O que, para mim, separa Belle and Sebastian de Fiona Apple, Nine Inch Nails, Smashing Pumpkins, todas as coisas que talvez eu ouça até com mais frequência? Por que quando me perguntam eu nem tenho dúvidas em responder qual é minha banda preferida?

Talvez seja a diferença entre conseguir dizer todas as coisas que você gosta nas músicas e ter que simplesmente falar que é por algum motivo que você não sabe explicar, porque aquelas músicas te explicam.

Belle and Sebastian me explica. Eu sou uma personagem nas letras, mas vai além disso, é isso de não ignorar o que dói, mas falar disso de um jeito fofo, quase alegre, talvez mais triste porque quase alegre. É tentar de verdade colorir o mundo com caos.

Talvez seja isso que eu procuro nas pessoas. É fácil dizer que alguém gosta das mesmas coisas que eu, fácil achar alguém que goste mais ou menos das mesmas coisas que eu, difícil é achar alguém que entenda. Talvez eu procure por aquela sensação de que é tudo bem ser quem você é, aquela sensação ao ouvir alguém dizer que entende e isso ser verdade, ou ouvir uma história e pensar que você entende. É uma sensação de uma certa paz.

Eu procuro nas pessoas aquela coisa inexplicável que me faz dizer que Encontros e Desencontros é meu filme preferido, mesmo outros sendo melhores. Eu, que sou tão inquieta e sem lugar, procuro pela sensação de poder encostar a cabeça e ficar, ser acolhida sendo quebrada exatamente nos pontos em que sou, tendo todas essas cicatrizes que fecharam do jeito errado.

Eu desmoronei esses dias e hoje enquanto eu tentava colar os pedaços eu ouvia Belle and Sebastian. E eu sorri sozinha pela primeira vez em dias. Eu queria estar ali, com meu livro, com aquelas músicas, com minha caneca de chá e tudo parou de doer. Eu procuro nas pessoas essa mesma sensação. E perceber isso me fez parar de me julgar como chata, ou amarga ou terrivelmente exigente. As pessoas favoritas aparecem como as bandas e eu decidi aceitar meus critérios para as duas coisas.

I fought in a war and I left my friends behind me

To go looking for the enemy, and it wasn’t very long

Before I would stand with another boy in front of me

And a corpse that just fell into me, with the bullets flying round

 

And I reminded myself of the words you said when we were getting on

And I bet you’re making shells back home for a steady boy to wear

Round his neck, well it won’t hurt to think of you as if you’re waiting for

This letter to arrive because I’ll be here quite a while

 

Anúncios

1 comentário

  1. que lindo. vc me fez viajar na letra. é como se o texto fosse mais uma música deles. obrigada, de verdade. era uma coisa da qual eu precisava saber hj. me identifico tanto que fico feliz com a sensação de fé em umas coisas que, francamente, nao sao nem um pouco fáceis de expressar e vc fez muito bem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s