The Suburbs

I must’ve left a thousand times

But there’s a small town in my mind

Eu nunca dormi muito bem. Aos 16 anos eu acordava de madrugada, descalça, e sentava na varanda. Eu não cresci em São Paulo. Eu cresci em um apartamento enorme, com uma varanda onde nada acontece. Nenhum carro passa, ninguém grita na rua, nada. Mais de uma vez eu escrevi sobre esse silêncio estranho, esse peso de ser a única pessoa acordada no mundo. De ter 16 anos e se sentar na varanda escura e silenciosa e as vezes, mais vezes do que eu gostaria, desejar não existir.

Eu fui sentar na varanda agora. Faz 6 anos que eu sai daqui e carros passaram. Eu queria a sensação de morte de novo, o peso dessa cidade onde nada nunca acontece, onde a gente nunca tem um motivo real para doer, onde eu morri de tédio um pouco todos os dias. Ela não existe mais. A cidade que eu cresci, o silêncio da varanda, o peso dentro de mim, nada disso existe mais.

Eu sentei nessa varanda a primeira vez que eu me apaixonei por você. Eu li o Lobo da Estepe ali, abraçando meus joelhos no último verão antes de ir embora, no primeiro verão sem você, o primeiro verão que eu usei vestidos. Eu fumei meu primeiro cigarro ali. Eu sentei no chão e chorei, bêbada, por tudo que eu era e tudo que eu queria e tudo que eu sabia que nós nunca íamos ser. E não fomos.

Eu sinto falta do meu cabelo rosa, hoje eu encontrei a tinta jogada no fundo do armário. Eu sinto falta daquela camiseta do Misfits que escorregava dos meus ombros e sinto falta dos cds de hardcore alemão. Sinto falta da luz de fim de tarde no verão e do ar que você trazia para mim.

É engraçado, porque eu poderia jurar que não era feliz naquela época. Eu não lembro de mim como uma menina feliz. Mas de alguma forma, eu sinto falta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s