Dancing on my own

No último episódio de Girls (minha mais nova, e enorme, obsessão) tudo dá errado na vida da Hannah, eu não quero dar spoilers porque gostaria de convencer todos vocês a ver, mas assim, é feio. No fim do dia, em vez de tuitar algo completamente self-pity e se arrastar para baixo dos cobertores ouvindo algo deprimente ela opta por escrever algo otimista e ouvir Robyn muito alto dançando sozinha no quarto.

Eu tenho feito isso. E tem sido a coisa mais difícil que eu já fiz na vida.

Eu não sou otimista, qualquer um, da minha melhor amiga ao meu orientador (apoiado pelo meu projeto de mestrado) podem dizer isso. Mas por algum motivo, em vez de desabar ouvindo Nine Inch Nails até o fim dos tempos, hoje eu optei por comprar uma garrafa de vinho, ouvir Robyn, chamar minhas amigas para o bar e tentar convence-las a ir em uma festa.

Uma das coisas que eu mais gosto em Girls é mostrar que essa opção não é facil e provavelmente são suas “garotas” a única coisa te impedindo de não aguentar.

Entre tudo que deu errado e certo nesse ano a melhor coisa foram as meninas que eu ganhei. E eu opto por encher a cara com elas ouvindo Robyn. Não é fácil, mas é o que tem pra hoje

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s