Through a glass darkly

“- Sua saúde mental vai muito bem, na minha opinião. Você as vezes parece estranho e sombrio, outras vezes pateta, mas tudo isso faz parte de ce qu’on appelle gênio

– Que é que você chama de ‘gênio’?

– Bem, ver coisas que os outros não veem. Ou, melhor, ver os elos invisíveis entre as coisas”

(Vladmir Nabokov, em Somos Todos Arlequins, página 41)

É meu primeiro Nabokov depois de “Lolita” e ele é obviamente gênio e claramente perturbado.

“It’s so horrible to see your own confusion and understand it.”

(Karin, em Através de um Espelho)

She reads the mind of all the people as they pass her by, hoping someone can see 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s