L’enfer c’est les autres

“Meia-noite e todos presentes. Súbito, um dos figurantes começou a chorar. Chorava perdidamente. Perguntaram: – ‘Mas que é isso? Não faça isso.’ E ele, num gemido maior: – “Não aguento mais! Não aguento mais!’. Delirava de cansaço. Com efeito, a exaustão enfurecia e desumanizava as pessoas. Ninguém tinha mais noção da própria identidade. Os artistas passaram a se detestar uns aos outros”

Nelson Rodrigues comentando os preparativos para Vestido de Noiva, ou, porque eu saí do cinema.

Se você quer ser específico a crônica chama “Estréia” (assim, com acento!) e esse trecho está na página 110 de A Cabra Vadia – Novas Confissões, edição da Agir (aquela bonitona que já ta esgotada, mas qualquer sebo tem aos montes)

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s