This is so bad it’s gone past good and back to bad again.

Vocês falam de mim, mas esse blog nunca foi tão visitado, linkado, curtido e retuitado quanto no último prêmio Björk. Deve ser porque as duas coisas que eu mais faço nessa vida (e são o objetivo final de existência desse blog) são escrever e falar mal das coisas. Não que eu faça qualquer uma das duas bem, não é isso que estou falando, mas como algumas pessoas roem unhas, são pontuais, ou naturalmente organizadas (eu não faço nada disso), eu escrevo e falo mal das coisas.

A Carol as vezes me chama de Enid e eu gosto de dizer pra ela que “I miss hanging out and hatting stuff together” porque foi basicamente tudo que a gente fez em 4 anos de faculdade de cinema, ok, as vezes a gente via conceito onde não tinha para trabalhos de vídeo arte ou tirava 10 com o trabalho de realidade brasileira mais vagabundo jamais visto, mas no geral a gente se entediava e odiava as coisas.

Não é de propósito, eu não acho legal odiar tudo o tempo todo, eu me sinto melhor quando gosto das coisas e por incrível que pareça eu gostaria que todo mundo fosse a premiações vestida assim (ok talvez não). Mas não consigo evitar, talvez seja o sangue russo e tal, que só é feliz a noite, no frio, com vodca. Infelizmente faz sol, calor e eu estou sóbria na maior parte do tempo (ainda que parte das pessoas que me seguem no twitter possam discordar disso) e sendo assim eu falo mal das pessoas do meu lado na rua, de gente famosa ganhando prêmios, da banda x, do filme y, daquele livro, daquela balada, de metade da minha sala do mestrado, daquele cara… Sabe, eu gostaria muito de ser uma Zooey Deschanel toda fofa e vestida de bombom cor-de-rosa, mas não rolou, em algum ponto da coisa chamada constituição de personalidade eu acabei amarga, chata e levemente insuportável, pra minha sorte, com um pouco de capacidade de ser engraçada.

Escrever e falar mal das coisas, é o que eu faço aqui, na vida e gostaria muito de um dia ganhar dinheiro pra fazer. Enquanto isso vou planejar drinking game e votação de prêmio Björk ao vivo aqui em casa no dia do Oscar.

(esse post é programado, quando ele entrar eu vou estar num bar, tomando cerveja e muito provavelmente falando mal de alguma coisa)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s